25 de junho de 2012

E até ficar Online...


Hello Everybody!

Pois bem, continuando a história do meu processo...

Desde o final do ano passado deixei minha chefe avisada: Esse ano, eu vou embora! Ela sabia que fazer este intercâmbio era um grande sonho pra mim, então concordou em me liberar do trabalho quando precisasse ir até a cidade onde fica a minha agência. Uma fofa, eu sei!

No dia 16 de fevereiro, depois das férias da minha futura atual agente, marquei minha visita na STB. Como eu já estava pesquisando sobre o programa há mais de 4 anos, não tinha absolutamente nenhuma dúvida. Acho até que a agente ficou um pouco “ressabiada” com isso... Mas enfim, sorte dela né? Tirei apenas algumas dúvidas específicas da APC, como por exemplo, sobre o seguro saúde que a agência fornece...
No mesmo dia fiz os testes de inglês e um tal de teste psicométrico, que nada mais é do que um teste de personalidade.

E COMO SÃO OS TESTES?

INGLÊS: Longo. Muito longo. Na verdade é um bate papo com a agente. Ela vai guiando a conversa de acordo com um polígrafo de questões - são 6 páginas, na verdade. Ela questiona sobre a sua vida, sobre sua experiência com crianças, questiona o porquê você decidiu ser AP, como você imagina que será a sua vida no exterior, o que você gosta de fazer...

Obs: É bom você lembrar essas respostas, pois irá respondê-las diversas vezes até ter o seu match. São perguntas bem básicas que você irá preencher no APP, que a agência de SP irá te fazer por telefone, que a agência de San Francisco também irá lhe questionar – só se você for Infant Specialized, e que as próprias hosts families irão lhe fazer durante o processo de match.

PSICOMÉTRICO: Esse teste é bemmm extenso, são aproximadamente 180 questões - todas em inglês, onde você escolhe uma das alternativas: nunca, raramente, às vezes, freqüentemente e sempre. Cada tipo de resposta vale determinados pontos. Eu não sei como é a contagem, mas imagino que quanto MENOR for seu escore, melhor pra você!

São perguntas bem bobinhas e algumas meninas simplesmente ignoram, achando que não tem importância. Errado! Tem tanta importância que você pode reprovar nele.
E como são as perguntas? Exemplo: Se você for contrariado por alguém, você fica com raiva... – Você SE INCOMODA em receber advertências... – Você é feliz... – Você gosta de ser liderado por alguém... – Você gosta de liderar... e aí escolhe uma das alternativas que descrevi acima. Gente, tomem cuidado porque as perguntas são bem pega ratão mesmo!

ATENÇÃO! Meninas que forem pela APC, não levem “nas coxas” esse teste pois ele pode te REPROVAR!  Se você reprovar, não tem choro. Você não recebe o APP e eles vão lhe dizer que você não está apta para ser AP. No grupo do FB já vi meninas que não foram aprovadas neste teste e tiveram que procurar outra agência.

Voltando ao meu processo...

Fiz os testes e paguei o programa naquele dia. Estava em promoção então paguei apenas U$ 590.00. #acarenpiradefelicidade
Também assinei o contrato com a APC e recebi os formulários para preencher (referência pessoal (1), referência com kids (mínimo 2) e histórico médico).

Dois dias depois recebi por email o acesso ao AuPairRoom para preencher o APP.
Preenchi todos os campos do APP, fiz a letter, o vídeo (essa foi a pior parte), levei todos os meus documentos na agência para conferência e no dia 26 de março dei o submit no APP. 

Detalhe: Eu demorei mais de um mês para preencher pois eu AINDA NÃO TINHA PASSAPORTE! Sim, que amadora! Eu não tinha passaporte...   Em janeiro eu entrei no site da PF para agendar o meu, mas só tinha data para março. Então, fica a dica! Decidiu ser Au Pair? Faça o passaporte!

Depois do submit, o APP ficou aproximadamente uma semana com o status Review by local agency. Com esse status eu recebi uma ligação da STB de São Paulo para fazer outro teste de inglês. Basicamente com as mesmas perguntas que eu respondi no teste da minha agência local. Foi tranqüilo.

Após esta entrevista o APP passa para o status Review by AuPairCare. Dois dias após a mudança de status, recebi um email da Rebecca. A Rebecca trabalha na APC em San Francisco e faz este contato apenas com as meninas que tem experiência under two. Marcamos de conversar por skype no dia seguinte. O skype não funcionou e a conversa foi por telefone mesmo. Nessa entrevista eu fiquei super tensa. Não sei por que, mas acredito que tenha sido porque esta foi minha primeira conversa com um NATIVO em inglês. Sei lá, foi diferente.

A Rebecca faz perguntas sobre a sua experiência com under two. Apenas isso. E no final, se você concordar, seu perfil é classificado como Infant Specialized – que fica disponível apenas para famílias com babies.

Essa entrevista foi no dia 11 de abril, e no mesmo dia fiquei ONLINE! Esse momento é absurdamente emocionante! É um divisor de águas para as Au Pairs. É a partir deste momento que você fica disponível para as famílias e começa a saga do seu tão sonhado match.

PAUSA!
Eu não sei responder em qual fase do processo a STB/APC confere as suas referências – pessoal, médica e com as kids, porque nenhuma das minhas foi contatada sequer para confirmar meu nome. Great!

Eu achei todo este processo muito rápido e TRANQUILO. Eu estava tão preparada pra isso que não achei o bixo de 7 cabeças que todo mundo fala. Minha letter estava pronta antes mesmo de eu ter a senha do APR, então acho que isso facilitou bastante.

Basicamente:
Entrada na agência – 16/02/2012
Submit do APP – 26/03/2012, lembrando que a demora foi porque eu ainda não tinha passaporte. Fiz ele no dia 09/03 e ficou pronto dia 15/03. O resto da demora foi por conta do vídeo, que foi outro parto.
Obs. Quem dava o submit no APP antes do dia 30 de março, ganhava o tour em NY! So, I got it! Uhhu!
Entevista com STB/SP – 07/04/2012
Entrevista com APC/San Francisco – 11/04/2012
Online – 11/04/2012 | Yes!!!

Agora pensa na felicidade da guria... No mesmo dia, duas famílias entraram no meu perfil! Mas esse é outro post!

Ficou bem confuso né? Mas enfim, queria contar como foi meu processo até ficar online. Talvez ajude algumas meninas a entender o que acontece depois que se recebe o APP. O próximo post vai ser sobre meu processo de match e as conversas com as famílias!

Então, era isso...

Espero que esse post ajude alguém, de alguma forma...

Beijo, me liga.



1 comentários:

Má Eugênia disse...

Comecei o processo todo em 9 de maio desse ano... e ontem, 27 de junho, fiquei on. =) Yay.

Postar um comentário