26 de junho de 2012

I have my match!


Matching...

Falei pra vocês no post anterior que meu processo andou SUPER rápido, pelo menos eu acho. Depois de 15 dias do submit eu estava online (minha agente me disse que isso poderia levar de 45 a 60 dias) e depois de mais 10, eu tinha meu match. E este post é sobre o meu MATCH.

Entre os blogs e posts no FB, a frase “I HAVE MY MATCH” é sem dúvida a mais importante de todas! Claro que postar “TÔ ON” e “I GOY MY VISA” é tão importante quanto.

Quando ficamos online, nos tornamos disponíveis para as famílias, através do portal da agência. Nessa etapa a maior preocupação de todas as meninas é: “estou on há XXX dias e nada de contato”. É fato que, para algumas meninas demora um pouco mais e outras têm o match em dias ou semanas. Já vi meninas no grupo do FB que tiveram match após 9 meses online. Eu acho que é sorte mesmo.

É CLARO que ter um bom APP, com fotos bacanas, muitas horas de experiência, saber nadar, ser boa motorista, não ter restrições no seu perfil (ex: morar com pets, com single parents...) ajuda. Mas eu acho que não é só isso. Sempre que eu olhava o site da APC para “conhecer” o perfil das APs disponíveis – leia-se concorrentes – eu via perfis muito melhores que o meu, e mesmo assim tive o match rapidinho.

No dia que fiquei online, dia 11 de abril, duas famílias entraram no meu perfil. Nem preciso dizer que eu quase MORRI de alegria né?!  Fui ler os perfis e ví que as famílias eram bem parecidas.  As duas famílias tinham 3 kids, sendo uma das kids bebê. Uma delas morava na Califa (meu sonho!!) e outra morava pertinho de Seatlle (meu ex-sonho).

Devo confessar que o fato de ser 3 kids me deixou muito insegura, ainda mais sendo tão, tão pequenas.  No dia seguinte troquei email com as duas e marcamos skype. Marquei skype para o sábado com a família da CA e no domingo com a família de WA.

Sábado, dia 13, às 14hs, como combinado, estava em frente ao PC e a hosta chamou no Skype. Gelei. Tinha comigo uma lista de perguntas, todas aquelas que vimos em blogs e no grupo do FB pra fazer pra ela. Ela estava com o baby no colo. Um fofo. A conversa fluiu bem, falamos por 50 minutos sobre as kids, sobre o trabalho, o local onde ela mora, enfim... coisas assim. Combinamos que enviaríamos emails com questões uma para a outra durante a semana. Ela me disse que falaria com o marido, caso ele também tivesse alguma dúvida e desligamos.

Oakland | CA

Oakland | CA


No domingo, 15, às 13hs tive o Skype com a família de Seattle área e falamos por certa de 40 minutos. Neste Skype estava a hosta e o hosto. Aí eu tive a comprovação que feeling existe sim. Naquele dia eu senti uma enorme conexão com eles. Parecia que já nos conhecíamos há anos... Rimos bastante e eles não paravam de fazer piada...  Também falamos bastante sobre o trabalho, claro. Eles me fizeram algumas perguntas, eu também fiz e de quebra já me apresentaram o quarto da Au Pair e as duas kids (e ela ainda estava grávida). Eram uns queridos...  De cara conquistaram meu coração. A família da Califa já não parecia tão interessante.

Indianola | WA

Indianola | WA


Depois dos Skypes, passei a semana seguinte trocando diversos emails com as duas famílias, principalmente com a família se WA. A família da CA sumiu por alguns dias, até pensei que eles haviam perdido o interesse, mas depois soube que o menino do meio havia se machucado e havia ido ao hospital.

Durante a troca de emails, a família de WA ia conquistando mais e mais o meu coração. A hosta é uma fofa. Mandei diversas questões pra ela e ela respondeu todas completíssimas e sempre preocupada em me mostrar o porque eles eram uma ótima família. E eles eram. Não tinha dúvidas quanto a isso.

Virginiana que sou, tenho que achar defeito, em tudo. Os hostos eram perfeitos e fora o fato de serem 3 kids, o que realmente me fez pensar muito sobre essa família era o local onde eles moram. Indianola fica em uma ilha, a uma hora de Seattle. A cidade é muito pequena, são 3 mil habitantes e é uma comunidade rural. Pesquisei no Google, o lugar é lindo, praia (óbvio, é uma ilha), com um píer lindo, um pôr do sol lindo... enfim... Não existiam motivos pra eu negar essa família, já que tinha me apaixonado por eles, exceto por esse PEQUENO grande detalhe.

Com esse super feeling que tive pela família de WA, a família de Oakland já estava descartada. Na quinta feira, recebi um email da hosta (da CA) pedindo para que no final de semana eu conversasse com o hosto, pois ela havia gostado de mim. Ok né?! Não custava nada. Isso iria me ajudar a tirar a prova quanto à fam de Indianola, e assim marcamos Skype para o sábado.

Também durante a semana a família de WA pediu um novo Skype, eu tinha a certeza de que eles pediriam match nesse Skype... sei lá, acho que é coisa que acontece com o tal de feeling. Marcamos o skype para domingo à tarde. Great!


EIS QUE, na quarta feira daquela semana, 18, a TERCEIRA FAMÍLIA entrou no meu perfil. Acredito que todas as meninas, quando dão início ao processo de AP, sonham com a família ideal, certo? Pois é. O perfil desta 3ª família era EXATAMENTE o que eu sonhava desde que conheci o programa. Um casal muito jovem de médicos, 29 anos os dois, morando em Denver, capital do Colorado (sempre achei bacana morar no centro do país, pois seria muito mais barato viajar, pra qualquer lugar que fosse). A hosta está grávida do seu primeiro filho e eles tem três cachorrões lindos. (obs: desde criança falava pro meu pai assim: Um dia iremos esquiar em Aspen... e não é que Aspen fica à 40 minutos de Denver? É Deus, só pode.)

Minhas amigas e futuras APs, Juh e Carol, que acompanharam de perto esse processo todo, sabiam bem o quanto eu queria uma família assim. Ótimo, agora eu estava mais TRIvidida do que nunca. Marcamos nosso primeiro Skype para sexta-feira.

EU IA ENLOUQUECER! Tinha Skypes marcados para SEXTA, SÁBADO E DOMINGO! SOCORRO!!!!

Na sorte e na fé, eu fui...

Fiz Skype na sexta (20) com os hosts de Denver. Amei eles. O hosto falava muito rápido. Tive que pedir pra ele ir mais devagar diversas vezes... Acho que eles gostaram do meu perfil mais porque sou nutricionista, do que qualquer outra coisa. Eles também trabalhando na área da saúde, têm essas neuras de dieta equilibrada/saudável, higiene e segurança alimentar e microbiológica e cosias do gênero – sem falar que eu amo Nutrição Materno Infantil. O fato é que eu AMEI eles. Amei o lugar. Amei os cachorros. Amei meu quarto, com banheiro e com BANHEIRA. Amei tudo. Eles me questionaram se eu estava em contato com outras famílias e eu fui sincera. Disse que sim. Nisso eles me pediram para dar à eles a oportunidade de conversarmos mais uma vez antes de eu tomar qualquer decisão quanto ao match com as outras duas famílias. Eu disse que ok.

No sábado (21) tive o Skype com o hosto da Califa. Gente, deu medo. Ele me pareceu louco. Mas respondi todas as perguntas dele, com o meu inglês tosco que resolveu sumir de tão tensa que ele me deixou. Não durou mais do que 15 minutos, mas tudo bem. Havia passado esse também. Desliguei o Skype com a certeza de que eles sumiriam do meu APP. Foi horrível, foi estanho. Me senti intimidada por ele, não sabia responder as questões que ele me fez, não porque não soubesse lidar com determinada situação, mas porque o inglês sumiu. Como ele trabalha no 911, ele me fez perguntas do tipo: “O que você faria se o bebê engasgasse?” Eu sei o que eu faria, sou bombeira voluntária na minha cidade. Tenho treinamento de primeiros socorros, então eu realmente saberia o que fazer, mas quem disse que eu consigo dizer isso pra ele? #gameover  

No domingo (22), já chorando por antecipação, fiz o Skype com os hosts mais fofos do mundo. Logo de cara eles me disseram que gostaram muito de mim e fizeram aquela tão amada/sonhada/esperada pergunta: “Você gostaria de ser nossa AP?” Eu queria morrer naquela hora. Eu não sabia o que fazer! Puta que pariu! Eu não podia dizer pra eles, “olha... eu adoraria, mas vocês fazem filhos como coelhos e moram na roça”. Puta que pariu de novo! Não consegui pensar em mais nada. Disse à eles que talvez tivesse que adiar minha viagem por conta da formatura, e que na semana seguinte saberia se ia me formar ou não. Eu menti. Eu sei que isso é horrível. Mas eu não podia dizer que não logo de cara e fechar as portas pra mim caso o meu contato com a fam. de Denver não desse certo. Pedi desculpas e disse que só poderia responder na semana seguinte. Eles “engoliram”, disseram que tudo bem, mas que eu deveria avisá-los assim que eu tivesse a “resposta da faculdade” quanto à formatura pois eles não tinham interesse em nenhuma outra nenhuma AP, por enquanto.

Me senti a mosca do cocô do cavalo do bandido por ter feito isso. Mas enfim. Foi uma mentirinha necessária.

Na terça feira (24), recebi um email da família da Califa, também me pedindo MATCH. Esse eu não tive dó e nem piedade de negar. Disse que não. De forma muito educada é claro. Com a ajuda da minha ami do coração, Carol Marques, elaborei um email e mandei de volta pra ela, agradecendo a confiança e desejando sorte na busca por AP. E o que ela me respondeu? ... - Ok!    Sim, essa foi a resposta dela... Ok! Tive a certeza que não vou me arrepender de mandar essa família pastar (com toda a etiqueta, claro).

Well, estava feito. A fam da Califa já estava fora da lista de possibilidades. Estava apostando todas as minhas fichas na família de Denver. Analisando tudo o que eu gostaria de fazer enquanto estiver no USA, morar em Denver, com médicos, sem dúvidas é a melhor opção pra mim. Isso porque eu quero MUITO estudar coisas relacionadas a saúde, a nutrição especificamente, e ter hosts médicos faz tooooda diferença.

No mesmo dia que dei o fora na fam da Califa, mandei um email (com quintas intenções) pra família de Denver. Disse pra eles que as famílias haviam me pedido por match, mas que eu gostaria de conversar com eles mais uma ou duas vezes antes de decidir. A hosta foi uma fofa e me disse exatamente as duas coisas que eu queria ouvir dela. Primeiro: “Faça o que for melhor pra você!”... e segundo: “Podemos fazer um Skype na quarta?”. Gente, isso era tudo o que eu queria ouvir! Isso queria dizer que eu ainda estava no top do top ten dos hosts!

Na quarta, dia 25 de abril, as 21hs fizemos nosso segundo Skype. Mais uma vez com os dois hostos e os três cachorrões! #adoro! Devo confessar que eu entendi metade do que ela me disse naquele dia. Eles falam rápido demais! O mais importante eu entendi. Eles me propuseram MATCH, aí mesmo, ao VIVO, no Skype! Uhhuuuuuuuuuuuuuuuu

Pense num coração sambando no peito?! Era o meu! Fiquei tão, tão feliz que eu só pude responder: I would love!

Yes! Eu tinha meu MATCH. Como a hosta ainda está grávida, e o baby boy só nascerá em setembro, meu embarque ficou marcado para NOVEMBRO. Eu sei, ainda está bem distante. Eu que sonhava em viajar em agosto, irei embarcar em novembro. Mas quer saber? Vale a espera. Ainda tenho uma porção de coisas pra decidir aqui, então, novembro está ótimo!

OBS. Eu acredito MUITO nEle, em Deus. Eu tenho certeza de que isso foi obra dele. Um dia antes minha host family aparecer no meu APR eu tive uma crise de choro e de dúvidas ferrenha. Coloquei meu joelho no chão e pedi à Ele que, por favor, me desse algum tipo de resposta, um sinal do que eu deveria fazer. Na manhã seguinte, lá estava a família dos meus sonhos, do jeitinho que eu sempre pedi à Ele, num lugar onde eu sonhava viver desde criança. Foi Ele, não tenho dúvidas.


Denver | CO

Aspen | CO

Aspen | CO

Denver | CO

City Park | Denver | CO

Colorado


Estava feliz, mas parte de mim se sentia super bad por conta da mentirinha que eu contei pra fam de Seattle área. Eu tinha mentido. Já estava feito. O que eu teria que fazer agora é dar continuidade à essa senvergonhisse (oi?!) que eu fiz. No dia seguinte mandei um email pra ela dizendo que eu só poderia me formar em dezembro e embarcar em janeiro. Não podia voltar atrás. Pedi desculpas (querendo que ela perdoasse a mentira, que ela nem sabia que eu tinha contado) e perguntei se ela queria ajuda com a busca por APs, já que eu tinha algumas amigas pra indicar. Ela não respondeu. Ela sumiu. Que pena.

Arrependimentos à parte. Tenho meu match e estou bem feliz com ele. A hosta é uma fofa. Adicionei o hosto e a hosta no FB e me apaixonei ainda mais por eles. São super festeiros, divertidos... A gente continua se falando, agora mais através do chat do FB. Não fizemos mais contato por Skype, o que eu acho até bom pra mim... Vai que eles desistam do match por conta do meu ingreis tupiniquim?

FIM!

Essa é a história do meu match.

Esse post está maior que meu TCC... Aliás estou bem feliz porque minha formatura é daqui exatos 30 dias. Uhhu

No próximo post: Minha host family!

XOXO

13 comentários:

Jully disse...

como é bom contar história do match né?!
aiuauihauihaihauiah
eu também adorei e o meu ficou um big post também!
mas fica tranquila que sempre tem umas loucas igual eu que leem! iauhuiahauihauiaiu

parabéns pelo match e ir só em novembro... tudo tem sua hora e com certeza Deus sabe que esta é a sua hora! :D
Boa sortee
qualquer coisa grita! :D
Beijoss

Kamyla Amorim disse...

ameeeeeeeeeeeei e chorei comm sua historia, espero que eu consiga minha host family dos sonhso \op/

Cáren disse...

Jully - É realmente indescritível! A emoção é bem parecida com passar no vestibular e eu fiquei tão, tão feliz!!!
Já estou seguindo seu blog!
Realmente novembro ainda está longe... Mas os dias tem passado tão rápido! Estou contanto de 15 em 15!
Beijo, beijo... Qualquer coisa, você tb grita!

Cáren disse...

Kamyla Amorim - Olha, vou te dizer, só Deus mesmo. Ele faz as coisas parecerem perfeitas. E elas realmente são!
Fica tranquila. Sua host family está guardadinha, esperando por você!
Seja sempre bem vinda no blog!
Espero ter sempre algo novo, e bom, pra contar pra vocês!
Beijo!

Alice disse...

Cáren, adoro posts de match e assim como vc tb tive uma "crise" antes do meu, mas no final da td certo e Deus sempre tem o melhor p nós!
Beeeijos

Má Eugênia disse...

Também quero uma família dos sonhos! hahaha
Boa sorte!!

Cáren disse...

Alice - Super verdade isso. Foi Ele quem me deu esse presentão. Tô bem feliz com meu match mesmo. As vezes ainda penso que deveria ter escolhido a família de Seattle, mas tenho a impressão de que eu não seria muito feliz lá, vivendo no meio do mato... hehehe
Boa sorte pra nós!!!!
Beijos

Cáren disse...

Má Eugênia - ADOREI SEU BLOG! Não desiste do projeto desta vez não!!!!
Você vai sim encontrar a família perfeita! Confia, que tudo dará muitooo certo, pra todas nós!
Beijos!

Má Eugênia disse...

Não vou desistir!! Farei o possível para postar sempre!!
Vamos nos encontrar em NY quando todas estivermos lá!
Beijoo

Luana Pamplona disse...

Olá!! Achei seu blog através do blog das 30 au pairs! Faz tempo que estou lendo blogs e resolvi fazer o meu :) Gostei bastante de ler o seu e me inspirei a começar!! E eu irei na mesma data que voce!! dia 11 de novembro então muita sorte para nós e quem sabe a gente se encontre lá!! Beijãoo

Luana Pamplona disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Naiade disse...

Cáren....ia te mandar mensagem no face, mas penso que deve ser mais legal receber coments no blog né...então guria, to espantada como a história do teu match parece com a minha....rolou até um quase match com a mesma desculpa antes do match (no meu caso não foi mentirinha, pq minha facul entrou em greve e eu precisava aguardar resposta do recurso que eu tinha entrado pedindo pra continuar em modo especial)....tbm vou ser a primeira au pair de um casal de médicos jovens, e a minha nénem nasceu dia 10 deste mês, espero que tenhamos muitas figurinhas pra trocar, estou adorando ler um pouco da tua experiencia por aqui :) bjoooo

Cristina Cecon disse...

Olá!! Primeiro de tudo gostei do teu blog por tu ser uma GAÚCHA! eu sou catarinense mas carrego comigo muitas tradições rio-grandenses como a dança e o chima! ^^ eu enetrei no processo e leio muitos blogs pra me insprirar e ter exemplos de experiências. Teu MACHT foi realmente dos sonhos! Parabens!! Só queria te pergunta se vocÊ tem bastante experiência com babies e como você tá se preparando pra esse desafio (adoro babies mas nao sei se eu conseguiria ... alem da questão do ingles, cm bb nao dá pra praticar ^^)
Vou começar a seguir teu blog, achei demais! você tem canal no Youtube? Já pensou eu fazer um? Grande abraço e boa sorte!

Postar um comentário